A ESCS é mesmo uma ervilha?

É verdade, chegámos ao último desafio e não poderíamos terminar melhor se não fosse a falar do motivo que levou a este blog: A Escola Superior de Comunicação Social. Mas como assim a ESCS é uma ervilha? É verdade, meus caros, esta escola é realmente uma ervilha e vocês já vão perceber porquê.

Já lá vão quase dois anos desde que entrei nesta grande instituição e a verdade é que ela se tornou realmente numa ervilha a partir do momento em que verifiquei a lista de colocações. Mas porquê uma ervilha e não, por exemplo, um rabanete? Ora bem, é muito simples, ora pensem comigo: eu já passei por tantos sítios e já aprendi e vivenciei tanta coisa, que a minha passagem por esta escola será apenas uma pequena ervilha na imensidão de ervilhas por onde passarei em toda a minha vida, tanto profissional, como pessoal.

“Se formos apenas mais uma Escola, seremos uma escola a mais”

Mas há um aspeto muito importante que eu tenho que realçar, é que a ESCS é uma ervilha especial. É a ervilha que me vai servir de base para o resto de todas as ervilhas por onde passarei. O interior desta pequena leguminosa está recheado de informação tão mas tão importante para o meu futuro, que nunca poderei comparar esta escola a qualquer outra ervilha.

Nestes quase dois anos eu já aprendi tanto… E mais importante que isso, eu descobri aquilo que sei que vai ser a minha paixão, porque eu sei que é este o meu caminho, que o meu futuro será isto, será a comunicação, serão as Relações Públicas. E se sei isto tudo é graças à ESCS, graças a esta pequena mas tão grande ervilha. Esta ervilha é realmente especial, principalmente porque vai ficar marcada no meu coração como o sítio onde eu descobri tudo, onde iniciei a minha vida profissional. Mas dentro dela é importante realçar que todo o recheio é que também faz da escola aquilo que é. Começando pelos professores, passando pelos funcionários e acabando nos alunos e amigos que daqui levo.

dsc_0088

Começando pelos professores, eles são o maior recheio desta ervilha, pois são a parte fundamental da aquisição dos conhecimentos. São eles que nos põem cá dentro este bichinho e o gosto por esta área. Depois temos os funcionários, que nos ajudam muito, principalmente a animar os nossos dias quando os trabalhos e as frequências apertam. Mas temos que acabar nos alunos, que são, provavelmente, o recheio mais importante desta escola. Sei que podem passar os anos que passarem, mas sei que vou levar pessoas no meu coração, de quem me lembrarei sempre que pensar na ESCS, nesta grande ervilha.

Mas voltando à minha teoria da ervilha, tenho ainda que acrescentar que, em termos profissionais, esta ervilha será quase como a base de todas as minhas receitas. Porquê? Ora bem, porque tudo aquilo que sei e aprendi, veio daqui e, como tal, tenho que utilizar essa base para criar receitas de sucesso e saborosas, caso contrário corro o risco de me pôr a inventar e sair tudo queimado ou sem sabor.

transferir

Se imaginar os locais que marcarão a minha vida como sendo ervilhas, consigo ver uma colher cheia delas, mas também consigo ver – pelo menos durante os próximos anos eu sei que assim será – que a maior ervilha dessa colher é a ESCS. Porque é, porque tem que ser, porque faz sentido. Porque esta casa tem sido a base de todo o meu futuro e eu sei que se quero ser uma boa profissional de comunicação então tenho que aproveitar o que esta grande ervilha que é a ESCS me dá todos os dias. Não é à toa que a maioria das agências de comunicação do país tem como maior referência esta ervilhinha especial. E assim me despeço, deixando-vos a pensar que ervilhas enchem a vossa colher…


Catarina Freire

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: